publicidade

Notícias

Expectativa de vendas para o ano é de 2,53%

ABRAS: SETOR SUPERMERCADISTA REGISTRA 1,92% DE CRESCIMENTO

31-10-2018

Período de janeiro a setembro de 2018. Em setembro, as vendas do setor em valores reais, apresentaram queda de -0,05%. Projeção de fechamento para este ano é de 2,53%

As vendas do setor supermercadista acumulam crescimento de 1,92%, de janeiro a setembro, na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), apurado pelo Departamento de Economia e Pesquisa, divulgado nesta terça-feira (30) em coletiva de imprensa, na sede da entidade, em São Paulo.

Em setembro, as vendas do setor em valores reais - deflacionadas pelo IPCA/IBGE, apresentaram queda de -0,05% na comparação com o mês de agosto e alta de 0,47% em relação ao mesmo mês do ano de 2017.

"As nossas vendas continuam no processo de estabilidade deste maio, registrando números em torno de 2,00% no acumulado do ano. Em relação à nossa projeção de fechamento das vendas para 2018, estimada em 2,53%, o nosso resultado ainda está abaixo do esperado. Nos últimos meses, o consumidor se manteve receoso com o cenário econômico e político do País, a nossa perspectiva é que isso melhore gradativamente passadas as eleições. E estamos trabalhando para isso, e nos mantemos otimistas para o final do ano", destaca o presidente da ABRAS, João Sanzovo Neto.

http://www.abras.com.br/img/impar/8/3/8395.jpg

Abrasmercado

No mês de setembro, o preço da cesta de produtos *Abrasmercado, pesquisada pela GfK e analisada pelo Departamento de Economia e Pesquisa da ABRAS, registrou alta de 0,39%, passando de 
R$ 458,53 para R$ 460,29.

http://www.abras.com.br/img/par/8/3/8392.jpg

Os produtos com as maiores quedas nos preços em setembro foram: cebola, sabão em pó, farinha de mandioca e batata. As maiores altas foram registradas nos itens: arroz, frango congelado, queijo prato e margarina cremosa.

http://www.abras.com.br/img/impar/8/3/8393.jpg

Regiões (Abrasmercado)
A Região Centro-Oeste foi a que apresentou maior variação nos preços da cesta Abrasmercado no mês de setembro (2,35%), chegando a R$ 429,59. A Região Sul registrou a maior queda 
(-0,70%).

http://www.abras.com.br/img/par/8/3/8396.jpg

*Abrasmercado não é a cesta básica, mas, sim, uma cesta composta por 35 produtos mais consumidos nos supermercados: alimentos, incluindo cerveja e refrigerante, higiene, beleza e limpeza doméstica. Veja abaixo, a tabela com a variação de preços da cesta Abrasmercado. 

 

Veja abaixo, a tabela com a variação de preços da cesta Abrasmercado:

 

http://www.abras.com.br/img/par/8/3/8390.jpg

 

Clique aqui e confira a apresentação na íntegra.   

 

 

Redação Portal ABRAS/AMAS