publicidade

Eventos saas

DESTAQUE

01-03-2019 - SAIBA O QUE ACONTECEU NO PRIMEIRO ENCONTRO ENTRE SUPERMERCADISTAS AMAS E OS PEQUENOS PRODUTORES RURAIS DE FLV ASSISTIDOS PELO SENAR/MS, EM DOURADOS

 “Foi um encontro muito positivo”, afirmou o presidente da AMAS, Edmilson Verati, ao comparecer juntamente com o secretário Executivo, Yuri Miranda, à reunião entre supermercadistas e pequenos produtores rurais de FLV, promovido pelo SENAR/MS - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural-, na tarde chuvosa de quarta-feira (27/02), na sede do Sindicato Rural de Dourados. Objetivo da atividade foi apresentar aos participantes o programa  ATeG Hortifruti Legal – Trabalho de Assistência Técnica e Gerencial - voltado à capacitação do segmento o programa é aplicado em 450 propriedades assistidas em 38 municípios do Mato Grosso do Sul.

Supermercadistas e pequenos produtores de Mato Grosso do Sul estiveram pela primeira vez, frente a frente, trocando informações sobre a produção e a comercialização de FLV. Estava prevista uma visita em uma área de plantio, cancelada devido a volumosa chuva.

Dorly S. Pavei, Edmilson Verati e Ana Neto 

Após mensagem de abertura onde o presidente da AMAS colocou a relevância daquele encontro e as explanações feitas pelos engenheiros agrônomos Dorly Scariot Pavei, Coordenador Geral do programa  ATeG Hortifruti, e Alana Neto, agente de Comercialização do SENAR/MS,  sobre como funciona, o quanto já avançou e o que se pretende com a ação, houve intensa troca de informações.  “Com os dois elos conversando temos certeza que vamos conseguir negócios viáveis para ambas as partes. Teremos produtos mais frescos em nossas lojas e vamos reduzir nossas quebras”, afirmou Verati.

Benefícios - Os esclarecimentos contribuíram sobremaneira para a percepção dos proprietários e executivos de supermercados sobre os desafios do pequeno produtor, bem como, ficou patente as demandas dos supermercadistas e o valor do encontro. “Esse diálogo vai gerar muitos benefícios para ambas as partes. Por um lado, haverá conquista de mercado e até mesmo aumento na produção, e de outro, produtos com melhor qualidade expostos nas lojas para atender os nossos clientes”, observou o diretor da AMAS, Ney Sérgio Recalcatti (Lider Supermercado).

Para Alana Neto, o evento superou todas as expectativas. “Esperamos colher bons frutos com esse primeiro encontro e tenho a certeza que daqui sairá o que esperamos: motivos para continuar organizando reuniões como essa em prol dos produtores assistidos pelo SENAR/MS”, prenunciou a agente de Comercialização.

“Cria-se aqui uma rede de contato entre eles com benefícios para os dois lados”, analisou Pavei. Segundo ele, o supermercado vai conseguir comprar diretamente dos produtores do município de Dourados “criando oportunidades para que os agricultores vendam o que produzem e ambos fortaleçam a região de Dourados”, acentuou o Coordenador Geral do programa  ATeG Hortifruti.

Supermercadistas e pequenos produtores rurais de FLV

Veja alguns testemunhos:

“Conhecer o potencial de nossa região é muito bom, estamos abertos à negociações futuras”, expressou Igor Roberto Lopes (Supermercado Pérola);  “Hoje deixo esta reunião muito mais esclarecido”, anunciou o produtor rural Messias Teodoro;  “Aguardamos em nossa loja os produtores  para darmos inicio a conversações”, apontou Ricardo Quintana – Hipermercado Extra; “Esta troca de informações me deixou muito otimista com o futuro de nossa produção de hortifruti aqui na região e entendo que os produtores devem se integrar mais com os supermercadistas para que aconteça a geração de bons negócios entre nós”, visualizou Marcos Vitante, produtor rural.

ABEVÊ - O ABEVÊ é uma das maiores redes de supermercados do Mato Grosso do Sul e pode ser apontado como bom exemplo de convivência comercial com os pequenos produtores rurais de FLV de Dourados. Em depoimento durante o encontro do SENAR/MS, o executivo Luiz Carlos, representante da empresa, expôs o trabalho que a rede supermercadista vem fazendo com esses produtores. “Tínhamos dificuldades na reposição dos produtos de folhagem, principalmente por ocasião de calor intenso, quando o preço sobe, não atende a demanda, além das perdas. Fizemos então, parceria com o fornecedor, que é pequeno produtor, e a empresa vai capitalizá-lo para que possa construir barracões para a produção da alface hidropônica e assim nos atender durante o verão. E, o resultado: temos produtos de qualidade para os nossos clientes e o produtor condições de produzir em uma época de baixa, além de rentabilizar o seu produto”, contou Luiz Carlos.

O que é o SENAR/MS?

De acordo com o site oficial (http://senarms.org.br/senar-ms/o-senar-ms/), o  SENAR/MS foi criado pela Lei n. 8.315, de 23 de dezembro de 1991, e regulamentado pelo Decreto n. 566, de 10 de junho de 1992. O trabalho da instituição é organizar, administrar e executar, em todo o território nacional, a Formação Profissional Rural (FPR) e a Promoção Social (PS) de jovens e adultos, homens ou mulheres do meio rural.

É uma instituição de direito privado, para estatal, mantida pela classe patronal rural, vinculada à Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e dirigida por um Conselho Administrativo, de composição tripartite e paritária, por ser composto por representantes do governo, da classe patronal rural e da classe trabalhadora, com igual número de conselheiros.

Isaias do Patrocínio

Assessoria de Comunicação AMAS